domingo, 24 de abril de 2011

MIM

Estou impregnada do teu cheiro...
                         meu mar!
Tua imensidão azul clama 
                     meu corpo
tua beleza de mim 
                se enche
se unem se misturam
teu sal e meu mel
 eu mudo de tom
                    com teu som.
Seguimos marulhando,
                        a cada onda!
Embevecida me entrego
ao prazer...
nos  movimentos,
quero adormecer
em ti,
na doce manhã de abril... 

                     

22 comentários:

  1. Como "mim", assim, é a leitura do poema.

    ResponderExcluir
  2. Lindo seu poema, linda páscoa pra você, beijos.

    ResponderExcluir
  3. Muito Obrigado, que tenhas uma ótima páscoa !

    e sobre meu sumiço...
    Tenho priorizado um pouco mais a minha vida real do que a virtual, ela está tão agitada que a virtual fica um pouco de lado :(

    Até meu blog tem sido alimentado com bobagens antigas minhas, faz tempo que eu não paro um tempo por aqui, para escrever, para ler...
    Sinceramente ? Sinto muita falta

    ResponderExcluir
  4. Muito lindo. Romantismo extremo.Desejo FELIZ PÁSCOA. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Que romântico, Marluce
    Digno de final de filme a dois em uma praia deserta. srsrs
    Bjos e um bom dia

    ResponderExcluir
  6. Como tu declaras em teu poema, "mim" e ser forte e ser decidida ate o fim, e deixar transparecer o eu...seu e meu...Bjin

    ResponderExcluir
  7. Presente pra você lá no blog.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  8. como é bom estar impregnada do cheiro do amor..
    beijos linda Marluce..
    boa semana.

    ResponderExcluir
  9. Mais uma vez aos leitores: O poema pode ser lido também de baixo para cima.

    ResponderExcluir
  10. Amar... com os corpos acompanhando o sensual movimento das ondas... Ah!... que delicia!...


    Beijos!
    AL

    ResponderExcluir
  11. As manhãs de Abril parecem traduzir o desejo de nosso inconsciente - de vivermos o primeiro Abril; isto é, a bela juventude de nossas emoções.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. As manhãs de Abril são realmente inspiradoras...Muito cativante seu poema, lido das duas formas. Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Ser parte de outro ser...
    Fazer parte, ser o complemento.
    Isso é o que buscamos e oferecemos ao conhecer o amor.
    Belas palavras, um abraço!

    ''Quanto ao selo, é só copiar a imagem e colar como gadget de imagem na lateral, se desejar.
    Qualquer dúvida, às ordens...''

    ResponderExcluir
  14. Mar e amor...Linda união.Qua saudades do mar de Natal,tão linda! beijos,ótimo dia,chica

    ResponderExcluir
  15. Lindo escrito!
    Cheio de vida. Cheio de cor!

    ResponderExcluir
  16. Jamais desconsidere a maravilha das suas lágrimas. Elas podem ser águas curativas e uma fonte de alegria. Algumas vezes são as melhores palavras que o coração pode falar.
    (Carlos Ruiz Zafón )
    Bjs com carinho

    ResponderExcluir
  17. Olá Maria Marluce!
    Agradeço a sua visita e, sem nenhum favor, já me torno seguidor do seu blog. Pela beleza de suas idéias, pelo solfejar de suas poesias. Com meu abraço, Carlos Morandi.

    ResponderExcluir
  18. Bom dia, amiga.
    Pensamento para mais um dia.

    Está no ar uma nova manhã,
    Um novo dia.

    Deus te abençoa com Suas dádivas sem medida, com o bem mais duradouro,
    pois considera sua vida o mais precioso tesouro.

    Para você,
    Desejo todas as cores desta vida.
    Todas as alegrias que puder sorrir.
    Todas as músicas que puder te emocionar.

    Abraços
    Miguel- blog Yehi Or

    ResponderExcluir
  19. Nossa, que lindas palavras unidas num só sentimento, naveguei por esse mar agora, tuas palavras foram como melodia calma, refrigerou meus sentimentos. Simplesmente lindo, parabens!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  20. lindo, lindo! simplesmente magestoso, poesia que leva ao momento, teu momento. Amei demais. Parabens!

    Bjs

    ResponderExcluir

Oi pessoal, adoro visitar blogs e comentar. Agradeço, imensamente, a sua visita e o seu comentário. Sempre que for possível retribuirei.